Cursos de Automaquiagem com a Dea

No início deste ano tracei como uma de minhas metas: ficar ainda mais linda efetivamente.  O efetivamente foi porque eu cansei (cansei!) de “tentar” ficar mais linda, pois eu quero de fato ficar mais linda e ponto final.

Você não?!

Foi, nesse contexto, então, que a epifania aconteceu!  A solução estava ao alcance dos meus dedos, mais precisamente na agenda telefônica do meu celular.

O que eu queria? 

Ah! Eu queria sair direto do trabalho para encontrar minhas amigas às 19:30 em um barzinho da vida e parecer deslumbrante, mesmo após um dia exaustivo, assim como sempre aparenta a minha amiga Dea, com seus cílios mágicos, sobrancelha perfeita, boca hidratada, maçãs do rosto coradas na medida certa, olhos expressivos e pele reluzente. Eu quero parecer naturalmente linda como a Dea, mas, óbvio, eu não sou a Dea...

Quando eu fui contar à Dea que sua beleza de sempre é contagiante, ela me respondeu, rindo, “Lidi, você só esqueceu de elogiar uma coisa, a mais importante: a minha penteadeira de maquiagem!” :

(isso é só uma parte gente...)

Em choque frente ao país das maravilhas: Dior, Lancôme, Yves Saint Laurent, Clinique, Nars, Bobbi Brown, MAC, Kryolan, Inglot, Sigma, Givenchy, Natura, Koloss, O Boticário, Contém 1g, Maybilline, Lóreal, consegui raciocinar e protestei! (Eu já sabia que Dea sabe muito de maquiagem, que é uma paixão genuína de anos, que ela experimenta praticamente todos os produtos do mercado, sabe dizer até as substâncias ativas em cada um, a durabilidade, tonalidades, pigmentação, texturas e acabamentos de cada um e que fazer isso, para ela, não é esforço algum). Protestei, porém, pois eu achei que ela não vivia sempre maquiada, afinal eu convivo com ela, a gente conhece uma pessoa “montada”.  Foi aí que ela disse que se maquia (ao menos o básico) todo santo dia, até para ir comprar pão na esquina... E foi assim que no último domingo de fevereiro eu fui parar no Curso Básico de Automaquiagem da Dea,  com a meta de parecer lindamente “natural” como ela. 

O talento dela para maquiagem é incontestável, isso eu já sabia e muita gente já sabe. Porém, eu queria saber do meu talento!  E com resignação percebi que meu talento é quase nulo, conclui no curso que fiz. E quando não se tem talento, o que se faz?  O lance é recorrer ao trio = técnica + “macetes” + segredinhos. Por ironia da vida, geralmente, quem detém esse trio privilegiado são as pessoas de talento e que estudam o assunto. E para nossa sorte algumas dessas pessoas repassam essas informações, e, graças à Nossa Senhora da Maquiagem Glamourosa, a Dea é uma delas! E eu não sou um caso perdido, sou uma amante das técnicas e dos bons mestres, e por isso me apaixonei pelo curso.

Querem ver só algumas autoproduções de Dea?



Indico o curso para todas que quiserem aprender a ficar naturalmente mais belas e também para as que querem aprender a fazer maquiagens para festas, daquelas mais caprichadas, pois a Dea tem também cursos de nível intermediário e avançado, além de fazer cursos customizados (preparados conforme interesse das alunas)!

Quer saber se eu consegui evoluir na minha meta de ficar ainda mais linda?! Sim!! Graças a Dea hoje me dedico mais a me maquiar, pois o resultado faz valer a pena!

Se você se interessou e quer saber mais sobre os cursos, clique aqui para ver a página da Dea no Facebook, que ela criou recentemente. Lá tem todas as informações sobre os cursos, e além disso ela coloca todo dia dicas de maquiagem, fotos inspiradoras, fala sobre tendências e produtos etc. Quem tiver Facebook e gostar, curta a página e repasse às amigas! 

Enfim, porque não dedicar um tempinho para cuidar do nosso bem estar e beleza, aprendendo essa arte que faz tão bem à produção feminina: “a santa maquiagem!”?

Beijos, 
Lidi



Comentários

Postagens mais visitadas