Natal em casa – parte I


Natal é um tempo muito bom, né? As famílias se reúnem, encontramos velhos amigos, relembramos as coisas boas da vida e celebramos o nascimento de Jesus com uma bela festa. A cidade fica toda enfeitada, a gente faz o tradicional amigo oculto, sem contar a noite da ceia, com tanta comida gostosa!

Pois é gente, faltam poucos dias para o Natal e se você é a anfitriã dessa festa, vai querer acompanhar os nossos próximos posts. Vamos entrar nesse clima natalício e faremos três postagens especiais sobre o tema, com dicas de decoração para deixar a sua casa inesquecível por muitos Natais.


Vamos começar pelas guirlandas. O uso da guirlanda começou provavelmente na Roma Antiga. Os romanos tinham o costume de oferecer um ramo de planta, que significava um voto à saúde. Os ramos eram enrolados como uma coroa e expostos nas portas para favorecer a saúde de todas as pessoas da casa.


Eu simplesmente adoro! E não precisa ser sempre a mesma coisa. Você pode optar por guirlandas mais modernas, feitas em tecido, bombons (que as pessoas podem pegar ao visitar sua casa- tente com ferrero rocher, vai ser um sucesso!), plantas naturais ou até em formatos inusitados.


Para quem quer uma ideia criativa, a guirlanda de rolhas, com algumas fotos do passo-a-passo. Depois capriche no laço (não economize!). Isso irá valorizar muito o efeito final.


Sabe aquela guirlanda que te acompanha há alguns natais e você não quer nem olhar mais? Que tal comprar spray dourado e um pouco de gliter? É só forrar bem a superfície antes de começar a pintar com spray e manter a distância de 30 cm do objeto a ser pintado. Você ainda pode incrementar com algumas bolas ou enfeites novos comprados em qualquer lugar (já que nessa época do ano os enfeites tomam conta de todo o comércio). O resultado é uma guirlanda novinha, com um visual incrível.


Embora a tradição fale de folhagem, nosso momento sustentável nos permite criar novas possibilidades. Veja essa guirlanda feita de papelão. Foram utilizadas diferentes texturas e cores para criar um efeito super interessante. Logo abaixo a guirlanda foi feita com retalhos de papel – tiras coladas formando círculos e fixadas na base circular. 

Novamente a ideia divertida e gostosa, guirlanda de jujubas. Os vizinhos vão adorar, mas não devem ser consumidas, ok?! As jujubas são fixadas com cola e não estão embaladas, ficam sujas e impróprias para consumo. Para consumo, opte pelos doces devidamente embalados (como de bombons ou balinhas, por exemplo).

Veja que linda e delicada essa guirlanda feita com botões. Todas ideias que podem ser facilmente reproduzidas por você em casa. Com uma mesma base circular, que pode ser de madeira, arame, papelão, etc, você pode criar diferentes modelos.


Guardei o melhor para o final, claro. Veja que delicadeza essa guirlanda com flores secas e retratos antigos. Achei simplesmente incrível, sem dúvida não passará batido aos olhos dos seus convidados. Que tal tentar uma dessas com aquelas flores secas que vendem, na feirinha da torre aqui em Brasília?


Entre nesse clima de Natal você também! Envie suas fotos e participe com seus comentários. 

Para dúvidas ou sugestões, entre em contato comigo: coisinhasdenoiva.gi@gmail.com.

Espero por vocês na semana quem vem, com mais dicas sobre decoração natalina.

Beijos e até lá.
Gi.


PS: O post acima não é patrocinado, sendo seu conteúdo de responsabilidade da autora.

Comentários

Postagens mais visitadas